fbpx

Backup dos dados de controle de acesso: seu condomínio faz isso direito?

Backup dos dados de controle de acesso. Se o seu condomínio ainda não faz isso da forma correta está na hora de prestar mais atenção.

Imagine a situação. Você é sindico e está com problema de segurança no seu condomínio.  Em conjunto com os moradores decidem contratar um sistema de controle de acesso.

Você analisa as opções e contrata uma empresa que oferece uma solução com bom custo-benefício e boa funcionalidade.

O sistema é instalado, as centenas de moradores do condomínio são cadastradas e tudo vai funcionando bem até que um vírus se alastra pelo servidor e todos os dados armazenados são perdidos.

Problemão, não?

Mas pode ser pior. Imagine que você se dá conta de que não tem um backup atualizado e que será preciso reconfigurar o sistema e  e recadastrar todos os moradores novamente?

Já imaginou o transtorno?

A má notícia é que problemas com vírus e outras formas de se perder os dados, como danos físicos aos equipamentos, são comuns e podem mesmo colocar em risco toda a funcionalidade dos sistemas de segurança.

Além disso, todo o histórico de acessos, que serve em caso de ter que se comprovar presença de pessoas em determinadas áreas do condomínio, também é perdido.

Ou seja, é uma baita dor de cabeça para o síndico e para o condomínio num todo.

Mas a boa notícia é que é relativamente simples evitar este problema.

O mercado hoje oferece soluções em backup na nuvem, que é muito mais seguro do que os outros sistemas de backup tradicionais, como HDs externos e pendrives, já que estes também podem ter problemas técnicos, fora o fato de que podem ser roubados, perdidos ou danificados.

 

COMO FUNCIONA O BACKUP DOS DADOS DE CONTROLE DE ACESSO NA NUVEM

backup dos dados de controle de acesso

As tecnologias atuais permitem fazer o backup  de forma automática de todos os dados semanalmente. As informações são armazenadas em tecnologias como o Google Cloud, que é a plataforma de cloud computing do Google.

Cloud computing tem mudado a forma como as empresas trabalham com dados por oferecer mobilidade do acesso e segurança no armazenamento.

A ferramenta permite armazenar e trabalhar com os dados com a vantagem de ter alta performance e confiabilidade. Além disso, a relação custo-benefício é bem vantajosa.

Na verdade, o condomínio pode usar toda a estrutura de data center e servidores, além do know-how do Google, sem precisar de investimentos em hardware e software que teria que fazer para manter os dados do seu sistema de controle de acesso seguros.

Assim, gestores de condomínios não precisam se preocupar com outras formas de backups e ganham mais tempo para se ocuparem com suas tarefas.

E, com certeza, ganham pontos com os condôminos ao garantir que os dados de acesso de todos estão protegidos.

 

INTEGRAÇÃO COM O SISTEMA DE CONTROLE DE ACESSO

Mas, na hora de contratar armazenamento de dados na nuvem, o síndico e os moradores devem analisar o pacote de soluções que está atrelado ao serviço.

A melhor opção é haver uma integração entre a oferta de soluções em controle de acesso e o serviço de armazenamento na nuvem.

O motivo é que se a empresa já faz o controle de acesso, ela tem mais assertividade em ajudar o condomínio a escolher o melhor pacote para se guardar e gerir os dados na nuvem, já que são diversas opções.

Se houver necessidade de recuperação de dados, por exemplo, a empresa que ofereceu a solução conjunta tem agilidade e conhecimento para recuperar com segurança as informações importantes e colocar novamente em ação de forma rápida o sistema de controle de acesso.

Em caso de perda dos dados, rapidez na restauração do controle de acesso significa menos chances de problemas com a segurança.

 

CONCLUSÃO

Por isso, sempre é válida a orientação de se analisar as opções no mercado e, claro, a idoneidade e tradição da empresa a qual pretende escolher para gerir o controle de acesso e o backup de informações no condomínio.

Veja a solução da MTG Tech para backup dos dados de controle de acesso na nuvem

Backup dos dados de controle de acesso: seu condomínio faz isso direito?

Deixe uma resposta