fbpx

Controle de acesso biométrico: segurança no It Residence

O controle de acesso biométrico vem sendo cada vez mais implantado por condomínios que querem melhorar a segurança.

Um das melhores soluções do mercado é o BioDigi, da MTG Tech, muito utilizado por vários condomínios em todo o Brasil.

É o caso do It Residence, de São Paulo, que vem tendo ótimos resultados com o produto.

Veja  o vídeo do síndico Wagner Andrade falando sobre o BioDigi e confira mais abaixo o artigo com informações completas de como o It Residence vem garantindo total segurança com o controle de acesso biométrico.

 

Veja o caso de sucesso no controle de acesso biométrico no It Residence

O condomínio

O It Residence está localizado em São Paulo, no bairro Jardim Anália Franco.

É um prédio concebido para ser flat, mas que acabou sendo utilizado como condomínio residencial. São 196 unidades de 40 metros quadrados, das quais cerca de 130 estão ocupadas.

 

O problema

Pela quantidade de unidades – que gera hoje a circulação diária de 250 pessoas, mas que pode chegar a quase 500 quando todos os apartamentos estiverem ocupados -, a administração do It Residence precisava de uma solução de controle de acesso que fosse eficaz.

Como a maior parte dos imóveis são locados, o que gera alta rotatividade de pessoas no condomínio, a solução de controle de acesso tinha que facilitar a identificação dessas pessoas, registrar seus acessos às áreas comuns e manter  registrado o histórico desses acessos para eventuais averiguações.

“Havia, desde o início de implantação do condomínio, 5 anos atrás, a preocupação muito grande com a segurança dos moradores e dos funcionários. Quando se trata de um condomínio pequeno, controlar o fluxo de pessoas é relativamente fácil, mas no nosso caso, com mais de 200 pessoas entrando e saindo todos os dias, precisávamos de uma tecnologia moderna e confiável. Por isso, escolhemos o BioDigi, da MTG Tech”, diz o síndico Wagner Andrade.

 

A solução de controle de acesso

A estrutura

Como o It Residence já tinha solução de biometria nos elevadores Otis, a administração optou por espalhar o controle de acesso biométrico para outras áreas.

O diretor da MTG Tech, Leandro Gracia, fez a apresentação do produto BioDigi e de suas funcionalidades, o que de imediato convenceu  os responsáveis pelo It de que era aquilo que estavam procurando.

O BioDigi foi instalado em 14 pontos por todo o condomínio, abrangendo porta de entrada inicial, portas dentro do condomínio para acesso aos elevadores, os próprios elevadores e o acesso às áreas comuns, como piscina, academia, salão de festas, salão de jogos, além do acesso à garagem.

Moradores

Assim que uma unidade é locada, o proprietário precisa informar o It Residence, por escrito, autorizando o novo morador a ter acesso ao imóvel. A partir daí, o morador cadastra a sua biometria, recebendo também cartão e chaveiro de aproximação.

Para chegar a sua unidade, cada morador precisa passar por três pontos de acesso biométrico (na porta de entrada, na porta que dá acesso aos elevadores e nos próprios elevadores),aumentando muito o nível de segurança e evitando possibilidade de falhas.

Vale ressaltar que cada morador só tem acesso liberado ao seu próprio andar.

Visitantes

Os visitantes precisam anunciar onde vão pelo interfone. Depois que o porteiro confirma com o morador, o visitante entra na portaria e faz o seu cadastro. Ele recebe o cartão de aproximação e só consegue acessar o andar indicado. Também não consegue acessar ás áreas comuns, como piscina, academia e salão de jogos.

Se quiser voltar outro dia, é preciso fazer novo cadastro.

 

Prestadores de serviços

Os prestadores de serviços, como pedreiros, montadores de móveis, encanadores, eletricistas, pintores, entre outros,  recebem autorização para ficaram em determinado andar e por determinado período.

Se são liberados até 16h30, por exemplo, só vão conseguir voltar pelo elevador antes deste horário.

“Às vezes acontece do prestador passar do horário e ter que ligar na portaria para pedir liberação do elevador. A gente aproveita estas situações para alertá-los sobre a necessidade de se cumprir os horários determinados para ficarem dentro do condomínio”, diz o síndico Wagner Andrade.

Além disso, todos os dias o prestador precisa renovar o seu cadastro e obter novas liberações para o andar em que vai trabalhar.

Como o condomínio tem muitos imóveis para alugar, o controle de acesso biométrico acaba sendo um grande aliado no controle das pessoas que precisam entrar e que não são moradores.

 

Os resultados

Segundo  o síndico Wagner Andrade,  o objetivo com o BioDigi, que é o de evitar problemas de segurança no condomínio, vem sendo totalmente atingido nesses cinco anos.

“Não tivemos uma única invasão, assalto ou qualquer outra ocorrência envolvendo pessoas não autorizadas. A sensação é de muita segurança”.

Em algumas situações, o controle de acesso biométrico com o BioDigi foi fundamental para evitar maiores problemas.

“Um caso foi o eventual sumiço de pertences de um morador, que comunicou à administração do It. Quando foi feita verificação no banco de registros, notou-se que naquele dia e horário entrou no apartamento uma pessoa que morava nele, e que, cujo bloqueio de acesso após se mudar, não foi pedido por quem continuou morando no imóvel. A gente só faz o bloqueio quando há uma solicitação por escrito, por isso, o responsável pelo apartamento também é responsável pela segurança dele e de todos”, explica o síndico.

Outro situação em que o controle de acesso com o BioDigi ajuda muito é na economia de energia elétrica.

“Alguns moradores vão à academia e acabam esquecendo o ar condicionado ligado. Quando constatamos isso, fazemos a verificação dos registros de acesso de quem esteve por último no ambiente naquele dia ou horário e fica fácil para alertamos sobre a necessidade de desligar os ar condicionado. Isso gera bastante economia com a energia elétrica”.

 

Conclusão

Como mostra o exemplo do condomínio It, ter uma solução de controle de acesso biométrico bem dimensionada é um dos caminhos para eficácia na prevenção de invasões, assaltos e diversos outros problemas de segurança.

A questão é sempre optar por uma solução confiável e comprovadamente eficaz.

Por isso, sempre pesquise bem o mercado e só opte por uma empresa depois de conversar com clientes que já utilizam o produto e ter a certeza de estar fazendo a melhor escolha.

Aproveite e compartilhe o artigo com os demais moradores do condomínio para que todos saibam da importância de ter um sistema de controle e acesso confiável.

Controle de acesso biométrico: segurança no It Residence

Deixe um comentário