fbpx

Controle de acesso veicular: como fazer da forma certa

O controle de acesso veicular é uma das principais preocupações dos condomínios atualmente. Pessoas mal intencionadas, que querem invadir casas e apartamentos, veem na garagem desprotegida uma boa oportunidade de entrar. Isto tem levado o síndico a procurar alternativas para realizar esse controle de forma mais eficaz.

Independentemente de ser um condomínio residencial ou comercial, as soluções precisam, sobretudo, garantir a proteção dos condôminos e aumentar a eficácia da administração como um todo.

De olho neste problema, o mercado de segurança tratou de criar diversas soluções, como biometria, senhas e cartões codificados.

Continue acompanhando este artigo e veja mais detalhes das opções de controle de acesso de veículos.

 

controle de acesso veicular

Porque utilizar um sistema de controle de acesso veicular

Garantir a tranquilidade dos condôminos é uma tarefa que pode fazer com que a gestão seja pautada por eficácia.

Diariamente, é comum vermos notícias sobre quadrilhas que invadem condomínios se passando por parentes de condôminos ou por prestadores de serviço.

Por esse motivo, implantar um registro e cadastro das entradas e saídas facilita a manutenção da segurança.

Veja abaixo as maneiras de realizar o controle de acesso veicular disponíveis no mercado e escolha o melhor para o seu condomínio.

Todos os sistemas têm o objetivo de gerenciar o fluxo de visitantes e prestadores de serviço, bom como a entrada, tempo de permanência e saída de todos os moradores ou colaboradores.

 

Controle de acesso veicular por biometria

Atualmente, o controle de acesso por biometria é um dos mais procurados para condomínios residenciais e comerciais.

Uma das principais vantagens no uso de controle de acesso por biometria é poder limitar o tempo de permanência de visitantes ou prestadores de serviço no condomínio.

Isto porquê, na entrada, dependendo do que o prestador de serviço ou visitante for fazer, já pode ser estipulado o tempo em que vai permanecer dentro do condomínio e que áreas vai ocupar.

Se o condomínio dispõe de vagas de garagens para visitantes e prestadores de serviços, ao se cadastrar biometricamente na entrada, já se sabe que o prestador ou visitante vai ocupar determinada vaga, com previsão do horário de saída.

Caso não retorne no horário previsto, a equipe de segurança ou o síndico pode verificar o que está ocorrendo.

Da mesma forma, se as dependências do condomínio são protegidas por acesso biométrico, o visitante ou prestador não conseguirá acessar outra área, a não ser aquela para a qual foi liberada a sua entrada.

 

 

O controle de acesso biométrico também pode ser utilizado com cartão codificado de proximidade e digitação de senha. Três sistemas em um que garantem a proteção eficiente dos moradores e colaboradores dos condomínios.

O sistema de biometria permite o cadastro de todos os dedos das pessoas que vão utiliza-lo e é uma das formas de controle mais eficazes, pois garante a segurança e facilita o controle de fluxo de pessoas que não fazem parte do condomínio.

 

Controle de acesso veicular por TAGs

Esse tipo de controle de acesso veicular é bastante semelhante ao sistema utilizado na cobrança automática de pedágios (Sem Parar e ConectCar, por exemplo).

Cada veículo possui uma tag afixada no para-brisa. Ao entrar ou sair, o código da TAG é decodificado por uma espécie de scanner, registrando o horário de entrada e saída do veículo.

A garagem apenas se abre quando as informações são conferidas e confirmadas.

 

Controle de acesso veicular por RFID

Nesse tipo de controle de acesso veicular, a leitura é feita por rádio frequência. Assim, todas as vezes que o veículo do condômino ou colaborador da empresa se aproxima por cerca de oito metros de onde se encontra a antena RFID, a leitura de seus dados é realizada.

O portão da garagem ou cancela somente são abertos após a confirmação do cadastro, ou seja, se as informações contidas no cadastro do veículo forem as mesmas.

A tecnologia RFID também pode ser utilizada por meio de chaveiro para entrada e saída por portões de pedestres. Ao aproximar o chaveiro no leitor instalado no portão, os dados do morador ou colaborador são decodificados e a entrada é permitida.

 

Controle de acesso veicular por LPR (License Plate Recognition)

A tecnologia LPR (License Plate Recognition ou Reconhecimento Automático de Placas de Automóveis) é mais um sistema de controle de acesso para condomínios ou empresa.

Esse sistema utiliza um módulo eletrônico que reconhece caracteres automaticamente por meio de sensores ópticos para as placas dos veículos.

O LPR, na verdade, faz uma checagem dupla, pois autentica antes a placa do veículo e, depois, fica apto para receber os comandos dos controles remotos.

Assim, se a placa do veículo não estiver cadastrada no condomínio, mesmo que o condutor esteja com o controle remoto não conseguirá abrir o portão.

 

Promover a segurança e tranquilidade em seu ambiente residencial ou de trabalho é essencial para que as pessoas que moram ou visitam o local frequentemente se sintam protegidas e confiantes com a gestão do condomínio.

Por isso, avalie sempre se o seu condomínio está em dia com as mais eficazes soluções em proteção, tanto para o acesso de pedestres, quanto para o acesso de veículos.

Aproveite e compartilhe este artigo com os demais moradores do seu condomínio por meio de suas redes sociais.

Controle de acesso veicular: como fazer da forma certa

Deixe um comentário