fbpx

Tecnologia pode ajudar a inibir ataques a imóveis

O mercado de segurança imobiliária oferece uma série de dispositivos para vigilância de prédios e condomínios. De acordo com o gerente comercial da Rudder, Miguel Louzado Júnior, empresa especializada em segurança patrimonial, é fundamental que as medidas não sejam implantadas de forma isolada ou por leigos.

– Tem que consultar profissionais especializados para verificar, com base técnica, as ações mais adequadas conforme as peculiaridades de cada prédio – ressalta.

Para o especialista em segurança estratégica, Gustavo Caleffi, mais importante que as tecnologias adotadas é a conscientização dos condôminos.

– O principal segredo está na consciência dos moradores em saber que segurança se faz, como se diz no setor, 24 por sete, todas as horas de todos os dias da semana. É muito comum as pessoas abrirem mão de procedimentos em nome de conforto, mas nunca se sabe quando o criminoso vai agir – opina Caleffi.

Procurada pela reportagem, a Banco Imobiliário – empresa responsável pela administração do condomínio Edifício Vivendas Bela Vista – informou que considera as medidas de segurança sigilosas e não comentaria o assunto.

Conheça produtos com a mais alta tecnologia em segurança: https://mtgtech.com.br/produtos/controle-de-acesso/

ACESSO POR BIOMETRIA
Os moradores têm digitais registradas e um leitor é instalado nos acessos do prédio para permitir o ingresso apenas de pessoas cadastradas. Integrado ao sistema de alarme monitorado, também há opção de fazer a abertura da porta com acionamento de alarme silencioso para o caso de morador estar refém de algum invasor. O morador cadastra as digitais de dois dedos diferentes: uma para abertura regular da porta, e outra para emergência, que libera o acesso mas alerta a empresa de monitoramento.

ECLUSAS
São corredores gradeados com dois portões, na frente e no fundo. Quando alguém passa pelo primeiro, o outro fica trancado até que o primeiro se feche. Podem ser para pedestres ou para veículos. Para condomínio com muito fluxo, se torna inviável.

GUARITA BLINDADA
Exige um investimento maior (muitas vezes acima de R$ 40 mil), mas oferece proteção contra tiros e geralmente conta com passa-volumes para evitar o contato com carteiros ou entregadores – que algumas quadrilhas já usam como disfarce para assaltos.

FECHADURA ELETROMAGNÉTICA
Evita que alguém esqueça a porta do prédio ou da portaria aberta, dificultando o acesso aos ladrões, mas o nível de segurança é baixo. Mesmo que a fechadura não tenha sido girada, trava a porta e só permite a abertura por meio da chave. É importante que haja uma fonte de energia auxiliar para manter o funcionamento do sistema mesmo que haja falta de luz.

FECHADURA DE ELETROIMÃ
Sistema de fechadura de funcionamento idêntico ao eletromagnético, mas cria uma campo de resistência que suporta forças a partir de 150 quilos.

Tecnologia pode ajudar a inibir ataques a imóveis

Deixe uma resposta